Amigos da Toca

Visitem meu outro blog!

Se alguma das imagens estiver muito grande clique em cima da imagem para poder vê-la por inteiro

Se alguma das imagens estiver muito grande clique em cima da imagem para poder vê-la por inteiro

...

Navegue na Toca ouvindo os sons da Natureza!

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Conto -A Festa dos Monstros

Photobucket

A festa dos Monstros

Por: Morgana Magia



Aquela noite seria noite de halloween,e no velho casarão da
cidade haveria uma festa somente para monstros
nessa mesma cidade vivia Lobil,um jovem lobisomem.
Ele estava muito ancioso devido a festa. Segurava um convite
que dizia: "somente para monstros convidados", que lhe fora
entregue por um morcego enquanto estava passeando por uma
caverna no meio da floresta, Lobil morava com a avÓ em uma
pequena casa com chaminé perto dali, a sua avó coitada já
com seus setenta e poucos anos , cabelos bem brancos ,
usava bengala e óculos caídos no nariz.
_Aonde vai filho!-disse a avó como sempre olhado por cima dos
óculos.
_Vou andar na floresta vovó , mais não demoro-disse ele dando
um beijo na testa da avó. Ela o criara desde de sempre pelo
que se lembrava.
.Ele gostava muito da floresta ,e uma tarde em um de seus
passeios,acabou por ficar muito tempo na floresta e só o
que ele lembrava daquela noite era de um par de olhos verdes
grandes e em seguida sentiu uma mordida e não viu mais nada ,
desde aquele dia havia se trasformado em lobisomem. Mas de
uma forma ou de outra Lobil sempre se sentirá diferente de
seus amigos.
Lobil como em todas as noites de Lua cheia disse para avó que
ia se deitar mais cedo. Foi direto para o casarão .Ele estava
ancioso, já havia participado de uma dessas festas.
Parou de frente para o velho casarão abandonado, eram
agora 23:59, e quando deram 00:00 em ponto, a porta do casarão
foi se abrindo de no nada começaram a vir diversos fantasmas,
bruxas pousando e levando suas vassouras ,diversos vampiros
que haviam acabado de pousar, havia até uma múmia que vinha
conversando com Frankenstein
_Nossa! E como ele era grande!!!-pensou Lobil.
Ele lustrou seu pêlo e entrou . A música estava bem
alta. Todos dançavam e se divertiam, bruxaS gargalhavam pelo
salão ,algumas levavam uma coruja em um dos ombros.Haviam
imensas poltronas que na verdade eram aranhas gigantes.
Havia um vampiro alto e esguio que acabara de colocar seu cálice
apoiado em cima da cabeça da aranha.
Haviam apenas os convidados na festa , os que não haviam
recebido o convite não conseguiriam entrar, pois para quem
não tinha convite o casarão continuava vazio sem viva alma.
No canto do salão havia um caldeirão aonde uma bruxa bem magra,
alta e nariguda servia a bebida. Era muito saborosa e tinha
gosto de groselha com mágia, ele já havia experimentado antes.
Haviam várias aranhas que ficavam na entrada para pegar o chapéu
dos convidados e deixar nas teias.
Tinham também diversos candelabros flutuantes que iluminavam
o casarão e abóboras sorridentes ficavam ajudando a iluminadar
imenso casarão.
_E aí Lobil, como vai!-Disse uma múmia que se aproximava.
-Tudo bem Dna.Múmia. E cadê o dentinho?
Dentinho era um vampiro do bem, pequeno e frazino.Só se
alimentava frutas vermelhas.
Assim como Lobil que adorava tanto a floresta e a lua que se
alimentava de sua formosura e magia.
Você sabe quem vai aparecer hoje?-disse Caveirinha com ar
assustado
_Quem?- disse Lobil
-A "Dona.Misteriosa"_disse a Múmia
-Dizem que ela tem as pernas peludas e é sinistra!-Disse
Caveirinha
-Quem afinal de contas!
-Quem? A Dona da festa oras bolas!
Mas eu nunca a vi!-Disse Lobil
-Nós também não! -disseram os amigos.
A festa prosseguiu, a essa altura da festa as bruxas voavam
em suas vassouras pelo salão, a festa ia de vento em popa,
Até a Dna.Caveira coitada bem magra, balançou o esqueleto.
Quando o relógio badalou três da manhã.Todos ficaram em silêncio
O vampiro esguio se levantou da aranha gigante e foi para os pés
da imensa escadaria em formato de caracol que havia no casarão
E Pela escadaria desceu um lobisomem.
_Eu disse que ela tinha as pernas peludas!-Disse Caveirinha.
Quando chegou aos pés da imensa escadaria ,o vampiro fez reverencia
dando a mão a Lobisomem.
Todos a cumprimentaram e a festa prosseguiu com a anfitriã
bem animada ,ela dançava muito com o vampiro esguio.
_Ih-Ihh !O Alminha acabou de chegar!-Disse Dentinho
Alminha era um fantasminha impiedoso e sanguinario que adentrou a
festa sebe-se lá como acompanhado de seus seguidores, também
tão cruéis quanto ele.Bruxas pegaram suas varinhas lançaram
seus feitiços. Até outros fantasmas ajudaram na assombração
para espantar os invasores.Ah, mais alminha estava decidiu
veio direto em direção a Lobil.
Lobil tentou investir, mas coitado não deu nem para o começo.
Quando de repente ele sentiu uma baforada na pescoço.Alminha
ficou branco saiu imediatamente em retirada. Era a anfitriã
que o salvará.
-O...oo...obrigada Dna.Anfitriã._E acabaram tanto Lobil quanto
seus amigos fazendo amizade com a anfitriã.
-Sabe Dna Anfitriã , gosto muito desde mundo,Mas vivo entre
os humanos.
_Mas porque meu querido!_disse a Anfitriã.
_Por causa de minha avó coitada, não quero deixa-la sozinha!
-A sim, compreendo_disse dando-lhe um sorriso,
A festa prosseguiu com muitas gargalhadas e assombrações.
-Sabe meu filho, hoje completo exatos 500 anos de vida como
lobisomem. E quando completasse essa idade seria quebrado
um feitiço antigo e forte que havia sido lançado sobre mim e
alguns dos meus.A anfitriã deu mais um sorriso cheio de
dentes, mexendo suas imensas mãos com garras,Ela usava um
anel bem diferente de pedra azul em forma oval, era muito bonito
o anel e voltou a dançar.
Quando já ia amanhecer.Os candelabros se apagaram,bruxas saíram
voando apressadas em suas vassouras, todos rapidamente começaram a
sair do baile.
_Até a próxima Lobil!-Disse Dentinho
Lobil despediu-se e foi embora, estava meio triste porque
queria ficar com os amigos, ele sabia que todos sempre se
encontravam no mundo sobrenatural...ah...isso sim era vida....Mas a
lembrança da pobre avó logo veio na cabeça.
Quando Lobil já estava bem nas entranhas da floresta, achou ter visto
alguns pares de olhos verdes,
-Quem está aí?
Ninguém respondeu. E quando ele estava perto do velho casebre seus pêlos
cairam e ele se trasformou novamennte num jovem rapaz.
Ao adentrar na casa porém tomou um susto.
Sua avó estava sentada na sala no velho sofá e na frente dela estavam sentados
um casal com uma menina,
que deveria ser um pouco mais velha que ele, ela deveria ter uns quinze anos.
_Vo...vovó eu estava...-pensou em várias explicações mas...
_Meu filho- disse a avó- estes são sua mãe e seu pai e sua irmã!
Primeiro Lobil sentiu-se petrificado como uma estatua, passaram-se vários pensamentos
em sua cabeça ao mesmo tempo, estivera tão preocupado com a
história que iria contar a avó e ela o esbofeteara com palavras,
pai,mãe, irmã. Lobil já havia desistido em pensar em quem
seria a sua família, pois sua avó falava muito pouco sobre isso.

Foi explicado a Lobil que a sua família havia recebido
um feitiço antigo.
_E que azaração!-Disse Mirela, sua irmã_Tivemos que ficar
na caverna dos uivos por 500 anos!
_Caverna dos uivos?_Lobil ainda não havia caido em si totalmente.
A avó o olhava por cima dos óculos como sempre fazia e deu-lhe um
sorriso levantando a mão e mostrando um anel.
_O...o anel... você é a anfitiã?
_Sim querido neto,por isso Alminha queria te pegar para poder
me atingir, pobre coitado...
Dias se seguiram e Lobil se sentia o ser mais feliz do mundo.
Aproveitou cada segundo com a sua querida família.
_É hoje Verinha!_disse a avó , para irmã de Lobil?
_Sim!
Todos olharam para Lobil e sorriram-lhe.
A lua já estava saindo.Todos olharam para Lobil e seus olhos
ficaram verdes, pêlos e garras cresceram.
_Vamos Lobil!.
_Vamos para aonde?-Disse ele.
Para aonde seu bobo_disse a irmã _Para o mundo sobrenatural, na aldeia dos lobisomens!
E daquele dia em diante, Lobil começou "realmente" a viver a sua
maneira.Ficavam quase sempre na aldeia dos lobos no mundo
sobrenatural, mas mesmo assim Lobil ainda vinha para floresta
para se deleitar sobre a magia da lua.E quem diria a sua avó alguém tão importante,
ele nunca imaginava que ela fosse tão poderosa.


Moral da História; Nunca veja alguém pela aparência e sim pelo conteúdo.

========================================================


Licença Creative Commons
A Festa dos Monstros de Morgana Magia é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Based on a work at tocadamorgana.blogspot.com.

você pode copiar,exibir,executar,desde que você dê crédito ao autor original Morgana Magia,com um link direcionado para http://tocadamorgana.blogspot.com



2 comentários:

Gabriela disse...

ola Morgana muito linda sua toca rsss. ja estou seguindo beijinhus da gabi.
http://blogandodemadrugada.blogspot.com/

Morgana disse...

Muito obrigada pelo carinho Gabriela.Abraços!

Postar um comentário

Poste apenas comentários construtivos , A Toca da Morgana é um espaço para energias positivas.

Músicas da Toca


MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...