Amigos da Toca

Visitem meu outro blog!

Se alguma das imagens estiver muito grande clique em cima da imagem para poder vê-la por inteiro

Se alguma das imagens estiver muito grande clique em cima da imagem para poder vê-la por inteiro

Navegue na Toca ouvindo os sons da Natureza!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

A Salamandra do Jarau-Lenda Brasileira(Sul)

LENDAS BRASILEIRAS – A SALAMANDRA DO JARAU (SUL) 

Há vários séculos atrás, alguns mouros, fugindo da Espanha, chegaram ao sul do Brasil. Com eles traziam sua jovem Princesa transformada, por magia, numa velhinha, a fim de que não fosse reconhecida e aprisionada. Quando chegaram, quem os recebeu foi anhangá-pitã, o diabo. Eles lhe contaram toda sua história. O demônio disse que os ajudaria pois via ali um bom motivo para prejudicar as pessoas. Para começar, transformou a princesa numa salamandra de cabeça de pedra preciosa e mandou que ela fosse viver numa lagoa próxima. Depois, espalhou a notícia de que quem a visse poderia ter seus desejos realizados. O primeiro que chegou foi transformado no guardião e guia da Salamandra.O coitado ficou desesperado, mas anhangá-pitã disse-lhe: - O encanto somente será quebrado quando surgir alguém capaz de vencer todas as provas e, depois de conseguir realizar seu desejo, desistir dele. Quem quisesse participar teria que procurar o guardião, cumprir as provas, conhecer a salamandra e fazer seu pedido. Aparentemente simples, mas na prática as coisas não eram bem assim. A primeira prova era atravessar uma caverna escura cheia de cobras venenosas. Séculos se passaram, e ninguém conseguia passar nem pela primeira prova. O guardião foi perdendo as esperanças de se livrar do encantamento. Até que um dia, chegou um gaúcho de aparência muito decidida. Atravessou a caverna das cobras sem importar-se com as que estavam no solo, nem com as que caiam do teto. Na segunda prova, que era atravessar fogo, passou pelas labaredas como se nada fossem. Assim foi com as outras provas: vencia-as uma a uma, tranqüilamente. Ao término destas, foi cumprimentado pelo guardião que o levou à presença da Salamandra. Quando esta saiu da água, o guardião curvou-se a sua frente e disse as palavras rituais. Num estrondo, surgiu no lugar da Salamandra a bela Princesa moura, que falou: - Sua coragem tornou-o merecedor de um valioso premio. Diga-me o que mais deseja e será atendido prontamente. O gaúcho respondeu: - Não desejo nada. Queria somente competir. A Princesa ficou triste, e o guardião desiludido, pois se o moço não aceitasse alguma coisa e desistisse dela depois, o encanto jamais se desfaria.

A Princesa insistiu, mas ele não aceitou nada. De cabeça baixa, ela voltou à forma de Salamandra e retornou à lagoa. O gaúcho montou em seu cavalo e preparava-se para partir quando o guardião disse: - Quero que leve essa moeda de ouro como lembrança. Quando precisar de dinheiro segure-a dentro da bolsa que logo surgirão outras. Como se tratava de uma lembrança, o gaúcho não pode recusar. Pegou-a e partiu. Um dia, ao ver um poncho de que gostava muito, viu que não tinha dinheiro suficiente para comprá-lo. Lembrou-se então da moeda, e realmente o dinheiro apareceu. Acabou fazendo uso da moeda cada vez mais, e enriqueceu. Entretanto, ele não conseguia acostumar-se com a riqueza, as preocupações e compromissos associados a ela. Disse a si mesmo: - Rico, sou dono de algumas coisas. Pobre, o mundo me pertence. Vendeu tudo que tinha, distribuiu o dinheiro entre as pessoas necessitadas, e voltou à caverna para devolver a moeda ao guardião. Quando o guardião quis saber o motivo da devolução da moeda, o gaúcho disse que aprendeu a valorizar a vida simples e livre que tinha antes, e que a riqueza não era o que queria. O guardião, praticamente chorando de alegria, disse: - Ao devolver seu premio, o encanto foi quebrado. Chamou a princesa que ficou extasiada! Era o fim de uma prisão que já durava três séculos! Ao afastar-se. O gaúcho viu uma grande explosão na caverna, enquanto a lagoa fervia. Os dois jovens foramdesaparecendo aos poucos: estavam voltando para o seu tempo. Montou seu cavalo e seguiu rumo ao mundo...
 =====================================================================

BASEADO EM “HISTÓRIAS E LENDAS DO BRASIL” – ED. APEL

Fonte: http://pt.shvoong.com/humanities/1734996-lendas-brasileiras-salamandra-jarau-sul/#ixzz1fiAOfjJC

0 comentários:

Postar um comentário

Poste apenas comentários construtivos , A Toca da Morgana é um espaço para energias positivas.

Músicas da Toca


MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...